Roupas para comprar no Rio Grande do Sul (RS)

Encontrar boas lojas e lugares onde comprar roupas no Rio Grande do Sul com o preço em conta pode ser muito desafiador!  No entanto, o que não faltam são opções, sabia?  Existem vários lugares incríveis onde você pode encontrar roupas baratas e para variados estilos, desde que tenha acesso às dicas certas.

Roupas para comprar Bandeira do Estado do Rio Grande do Sul

Seja roupas de inverno, em tamanho plus size, roupas usadas em boas condições, roupas em promoção, brechós, fábricas, roupas clássicas ou ainda das últimas tendências... O que não falta são bons lugares para fazer compras no Rio Grande do Sul!

Mas, para isso, é necessário saber aonde ir. Para sua sorte, com as informações certas, você consegue fazer excelentes compras e renovar todo o seu guarda-roupa sem gastar muito. E separamos dicas para te ajudar nisso!

Um pouco mais sobre o Rio Grande do Sul

Mapa no Rio Grande do Sul

O Rio Grande do Sul (pronúncia em português: [hiw ˈɡɾɐ̃ːdʒɪ dʊ ˈsuw]) é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Está situado na Região Sul e tem por limites o estado de Santa Catarina ao norte, Argentina ao oeste e Uruguai ao sul, além do Oceano Atlântico ao leste.

É dividido em 497 municípios e sua área total é de 281 730,223 km², o que equivale a 3,3% da superfície do Brasil, sendo pouco maior que o Equador. Sua capital é o município de Porto Alegre e seu atual governador é Ranolfo Vieira Júnior.

As cidades mais populosas são: Porto Alegre, Caxias do Sul, Canoas, Pelotas e Santa Maria. O relevo é constituído por uma extensa baixada, dominada ao norte por um planalto. Antas, Uruguai, Taquari, Ijuí, Jacuí, Ibicuí, Pelotas e Camaquã são os rios principais.

O clima é subtropical e a economia baseia-se na agricultura (soja, trigo, arroz e milho), pecuária e indústria (de couro e calçados, alimentícia, têxtil, madeireira, metalúrgica e química). Com 11,4 milhões de habitantes, ou cerca de 5,4% da população brasileira, é o 6º estado mais populoso do Brasil, podendo ser comparado com a Ruanda no número de habitantes.

A população gaúcha é uma das mais diversificadas do país e descende principalmente de italianos e alemães, que começaram a emigrar para o país no fim do século XIX. Sua população é em grande parte formada por descendentes de portugueses, alemães, italianos, africanos, libaneses e indígenas, em pequena parte por espanhóis, poloneses e franceses, dentre outros imigrantes.

Em 1627, jesuítas espanhóis criaram missões jesuíticas próximas ao rio Uruguai, mas foram expulsos pelos portugueses em 1680, quando a Coroa Portuguesa resolveu assumir seu domínio, fundando a Colônia do Sacramento. Os jesuítas espanhóis estabeleceram, em 1682, os Sete Povos das Missões.

Os portugueses chegaram em 1737 com uma expedição militar de José da Silva Paes. As lutas pela posse das terras entre portugueses e espanhóis continuaram, e somente tiveram fim em 1801, quando os próprios gaúchos dominaram os Sete Povos, incorporando-os ao seu território. É criada em 19 de setembro de 1807 a Capitania de São Pedro do Rio Grande do Sul.

Em 28 de fevereiro de 1821 torna-se a Província de São Pedro do Rio Grande do Sul, que viria a se tornar o atual estado do Rio Grande do Sul, após a Proclamação da República do Brasil. Com a chegada de outros povos a partir de 1824, a sociedade estancieira passou então a coexistir com a pequena propriedade agrícola, diversificando a produção.

Durante o século XIX, o Rio Grande do Sul foi palco de revoltas federalistas, como a Guerra dos Farrapos (1835-45), participou da luta contra Rosas (1852) e da Guerra do Paraguai (1864-70). As disputas políticas locais foram acirradas no início da República e só no governo de Getúlio Vargas (1928) o Estado foi pacificado.

É o estado mais meridional da federação, conta com o quarto maior PIB, superado apenas por São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, e com o sexto IDH mais elevado do país. Em certos locais do estado, como a Serra Gaúcha e a região rural da metade sul, ainda é possível ouvir dialetos da língua vêneta (talian) e do alemão (Hunsrückisch, Plattdeutsch).

O Rio Grande do Sul foi apontado em 2014 pelo jornal americano The New York Times como o lugar com mais traços europeus do Brasil. Embora o estado esteja enfrentando uma crise econômica acentuada, é onde há o maior número de idosos e a segunda maior expectativa de vida e onde os trabalhadores são mais bem remunerados, tendo uma das menores taxas de analfabetismo, e mortalidade infantil do país.

Onde encontrar roupas baratas no Rio Grande do Sul?

Para você fazer boas compras de roupas no Rio Grande do Sul é necessário saber aonde ir.

O que não faltam são lojas, shoppings, brechós, feiras, fábricas...

Mas saber como escolher cada lugar é muito importante, especialmente tendo em mente exatamente o que você precisa encontrar.

1. Brechó de roupas

Comprar roupas no brechó no Rio Grande do Sul

Existem muitos brechós espalhados por todo o estado do Rio Grande do Sul, especialmente em cidades maiores.

Os brechós são uma excelente opção de lugares para fazer compras justamente porque existem diferentes tipos.

Existem brechós com roupas bem baratas (custando até menos de R$10 por peça), com roupas mais clássicas e antigas, assim como brechó de luxo, com peças mais caras e, por vezes, até mesmo exclusivas.

E se engana quem pensa que brechó se trata apenas de peças de tendências que já ficaram mais no passado, como as roupas que ninguém mais quer usar.

Existem muitos brechós no Rio Grande do Sul com peças de extrema qualidade e que estão em alta ainda. Isso porque muitas pessoas resolvem desapegar de peças do seu guarda-roupa ou desejam fazer uma renda extra vendendo roupas que não usa ou não gosta muito.

Além disso, existem brechós de temporada, os famosos brechós de desapego, em que uma pessoa vende dezenas de peças do guarda-roupa dela antes de renová-lo com novas peças.

Então, vale sempre a pena procurar por brechós, que normalmente você encontra nas regiões mais centrais das cidades.

Compre roupas aqui

2. Roupas Plus Size

Roupas plus size para comprar no Rio Grande do Sul

O que não falta no Rio Grande do Sul também são as lojas de roupas Plus Size!

Cada vez mais a moda tem se tornado mais inclusiva, abraçando todos os tipos de corpos.

Com isso, você que veste a partir do tamanho 44, consegue encontrar peças super estilosas e que foram pensadas, modeladas e fabricadas para corpos como o seu.

Compras roupas plus size em lojas exclusivas para dessas modelagens traz muito mais conforto e segurança para o seu momento de compra.

Então, se você veste números maiores, vale muito a pena procurar por lojas específicas de roupas plus size no Rio Grande do Sul.

Compre roupas plus size aqui

3. Réplicas de roupas de marca

Outra forma de você comprar roupas baratas no Rio Grande do Sul é comprando réplicas de roupas de marca.

Você encontra em diversas lojas e até mesmo fábricas espalhadas por todo o estado do Rio Grande do Sul pelas que são idênticas às de marcas, mas, é claro, com um preço muito mais em conta.

Na hora de fazer as compras, é necessário paciência para conseguir pesquisar bastante e encontrar os melhores lugares para fazer suas compras.

Compre roupas de marca aqui

4. Feiras de roupas

Além de tudo isso, existem também feiras de roupas no Rio Grande do Sul, quando lojistas e fábricas resolvem se reunir em algumas cidades para apresentar novas coleções.

Normalmente, são eventos bem grandes e divulgados.

Vale sempre muito a pena conferir, especialmente porque, diante de várias lojas vendendo produtos por vezes semelhantes, rolam muitas promoções relâmpago e descontos.

Além disso, é uma excelente forma de você conhecer novas marcas e lojas novas.

Dicas para comprar roupas direto da fábrica no Rio Grande do Sul

Se você quer comprar roupas baratas no Rio Grande do Sul, uma dica de ouro é comprar roupas direto da fábrica!

Existem diversas fábricas espalhadas por todo o estado, em variadas cidades e polos têxteis, que vendem roupas com um valor muito abaixo do que você encontra nas lojas e, principalmente, nos shoppings.

Inclusive, vale muito a pena pesquisar caso você queira compras peças específicas, como, por exemplo, roupas de dormir, roupas de inverno, roupas masculinas ou femininas, ou, ainda, roupas plus size.

Isso porque existem diversas fábricas que trabalham exclusivamente com um tipo de roupa, enquanto outras estão trabalhando, fabricando e vendendo roupas variadas.

Comprar roupas direto da fábrica é algo que muitas pessoas fazem quando desejam comprar muitas peças com o preço muito mais em conta, existem várias pessoas que viajam dentro do estado do Rio Grande do Sul apenas para ir até fábricas e realizar suas compras.

Normalmente, estas compras valem mais a pena quando você realiza em grandes quantidades. Pois, quanto mais peças você leva e maior é o valor da sua compra, mais descontos você consegue fechar.

Além disso, vale muito a pena também comprar roupas direto da fábrica para quem deseja ter roupas para revender e, assim, abrir o seu próprio negócio ou aumentar o seu estoque.

Muitas pessoas, especialmente de cidades mais do interior, viajam até as regiões de polo têxtil do estado para fechar compras e abastecer o estoque de suas lojas.

Afinal, se tem algo que pode dar bastante lucro, é a venda de roupas, pois possui uma grande rotatividade, diante de todas as tendências que surgem, e todo mundo gosta de todos os meses fazer compras.

Compre roupas aqui

Com todas essas dicas você vai fechar excelentes compras de roupas no Rio Grande do Sul, evitando estresse e até mesmo arrependimentos em comprar peças que você nem gostou tanto apenas porque era a única coisa que você encontrou.

Isso porque quando você já tem em mente exatamente onde precisa ir para adquirir aquilo que você deseja, o momento de comprar se torna mais simples.

Para te ajudar ainda mais, fizemos alguns guias com dicas especiais e exclusivas de diversas cidades do estado. Veja abaixo, e aproveite todas as dicas!

Roupas para comprar